Add Your Blog | | Signup
ORVALHOS POESIA · 2d ago

a saudade foi tema...

a saudade tem mãos de mãesempre previsíveis na sua ternurapespontando sonhos e esperançano riso da sua criança...abro os braços à recordação,a saudade leva- me à loucurae com grande arrebata...
ORVALHOS POESIA · 5d ago

elegia à luz do dia...

a luz do dia é ainda meninachega formosa e repentinabeija a terra, sorri por entre as árvores,beija as florestraz à manhã frescura e aos corações amorese com ternura derrama-se pela tarde,da...
ORVALHOS POESIA · 1W ago

sonho que o dia sustém...

a lucidez sempre te interroga...porquê esse vôo até ao obscuro?porquê esse abismo inesperadoessa inquietude...que é fogoesse contar de rugas novas...deixa que te acompanhe a formosura do ven...
ORVALHOS POESIA · 3W ago

pincelei meu dia...

dei uma pincelada neste dia cinzentoficou o céu com um ar rejuvenescidosubjacente à minha intenção ficou um sentimentoo da saudade que faz em mim ruídoos dias são desertos e se sucedemneles ...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

confusão de difusas luzes...

o dia a querer fugirenquanto a saudade se apertacontra o meu peitoe esta ferida aberta que se aproxima e se evadecomo sonãmbulo vento, na noite desertaprocuro-te, e sinto-te cada vez mais di...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

oscilam os pensamentos...

afoga-se o seu dia num espesso relentoobscurecendo-lhe o alentoe há reinos de mel a que abdicae ela ali fica...sorvendo o que lhe restaacostumando-se a calarpara não se despenharnos oásis da...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

ébrias fantasias...

o olhar é um poço sem fundo,verde como o esplendor do mundovibrante e quente o coraçãoinundado de emoção,e nos corredores da mente ébrias fantasiasonde a felicidade é agora saudade.o inverno...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

sílabas precisas...

quase noite é... a idadedo rio que em mim correteço a própria realidadesonho em mim não morresobre ruínas despertoa palavra sol me iluminana vida q' parecia desertosonho-me de novo meninanat...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

o odor da rosa...

este dia não me pertencedeixou-me e foi-se emboraé passado e me convencea vida é caixa de pandorasou espinho reclamo a rosajá que o odor nunca esquecedos versos à humilde prosaprenhe inquiet...
ORVALHOS POESIA · 1M ago

a vida é jogo...

começa a vida num xadrezmal e bem ... forças inimigasno tabuleiro apostam... talvezum dia vão deixar-se d' brigasescasso tempo dura a partidapor atalhos oblíquos... seguenão há pausa é guerr...